Hackers conseguem desbloquear o Nintendo Switch

O Nintendo Switch já foi hackeado. Entusiastas descobriram uma forma de rodar software caseiro no console, abrindo caminho para o desenvolvimento futuro de novas aplicações como reprodutores de mídia, emuladores e até mesmo jogos piratas.

Na comunidade de "homebrew" (softwares desenvolvidos por fãs de maneira não oficial para console) Wololo, um grupo de hackers diz ter atualizado uma ferramenta com poderes de possibilitar a instalação de software no console sem ser por meios autorizados pela Nintendo.

A ferramenta em questão é chamada Pegaswitch e o novo recurso explora uma falha na versão 3.0.0 do sistema do Switch junto com o game "Pokkén Tournament DX".

Na prática, a ferramenta pode abrir caminho para a pirataria, mas ainda não há nenhuma forma de rodar jogos comerciais do Switch de maneira não autorizada. O hack também pode permitir a inclusão de emuladores de outros consoles no Switch, além de softwares como reprodutores de conteúdo de mídia para quem quiser assistir vídeos no console.

Vale ressaltar que a falha só vale para a versão 3.0.0 do sistema operacional do Switch, que está atualmente no 4.0.0 - ou seja, quem tem o console atualizado não pode explorar a vulnerabilidade.

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ