Hackers tiram PSN do ar e ameaçam executivo da Sony

A Sony enfrentou dois problemas sérios no último domingo, 24. Primeiro duas redes da empresa foram tiradas do ar graças a um ataque de negação de serviço; depois, o presidente da unidade de entretenimento da Sony, John Smedley, recebeu uma ameaça do grupo responsável pelos ataques virtuais.

Quando a PlayStation Network e a Sony Entertainment Network caíram nos Estados Unidos, donos de PS3 ou 4 se deparavam com uma mensagem informando que a rede estava fora do ar por causa de manutenção. Mas era um ataque do Lizard Squad, que também diz ter mirado os servidores da Blizzard, League of Legends e Path of Exile.

Mais tarde, o mesmo grupo usou o Twitter para afirmar que havia uma bomba no avião em que viajava John Smedley, chefe da Sony Online Entertainment, o que provocou o desvio do voo. As mensagens foram enviadas para a conta da American Airlines durante a viagem e em uma delas havia até um link para um tíquete eletrônico com número de confirmação referente ao voo.

Mais tarde, as redes voltaram a funcionar, mas o FBI ainda investiga as ameaças para tentar encontrar os responsáveis.


Com: Polygon

Vai às compras na BlackFriday? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ