Games e Consoles

Kinect

Microsoft reafirma que nunca venderá o Xbox One sem o Kinect

Renato Santino 23/08/2013 09h00
Compartilhe com seus seguidores
A A A

A Microsoft tem voltado atrás em muitas de suas decisões relativas ao Xbox One, mas de uma delas ela não abre mão: nunca será vendida uma versão do console sem o sensor de movimentos Kinect. A empresa afirma que a plataforma é integrada demais para que uma peça possa ser removida.

"O Xbox One é o Kinect. Eles não são dois sistemas separados. O Xbox One tem chips, memória, Blu-Ray, Kinect e o controle. São todos parte de um ecossistema", afirma Phil Harrison, vice-presidente corporativo da Microsoft.

A Microsoft tem recebidos muitas críticas relacionadas ao Kinect. Em primeiro lugar, a notícia de que ele deveria permanecer ligado ao console em 100% do tempo incomodou os gamers. Há também questões de privacidade, já que é uma câmera que escuta tudo o que é dito na sala.

Contudo, a empresa voltou atrás na obrigatoriedade do uso do dispositivo, mesmo que ele seja vendido com cada unidade do console.

O sensor de movimentos também traz um problema em relação aos negócios do Xbox One, já que ele encarece o pacote final. Nos EUA, graças ao Kinect, o videogame da Microsoft custa US$ 100 a mais do que o da concorrente Sony, que tirou a PS Camera do pacote de lançamento do Playstation 4 para deixá-lo mais barato.
Microsoft Kinect Console xbox one
Compartilhe com seus seguidores
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você