Headset Logitech G635

Review do headset Logitech G635: surround 7.1 eficiente e outros bons recursos

Rene Ribeiro 01/03/2019 12h30
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Combinação matadora de áudio e software com customizações quase infinitas tornam esse headset da Logitech uma otima opção para os gamers

Famosa por seus acessórios para PCs, o que inclui dispositivos para gamers, a Logitech quer marcar presença junto aos fãs de jogos, seja por meio de mouses, teclados e também headsets. E esse é o caso do G635, um fone de ouvido com microfone que traz recursos interessantes. Confira abaixo o nosso review do produto.


Importante: o G635 é o segundo topo de linha da empresa (o primeiro é o G935 e o que muda é que ele pode ser usado sem fio e a proteção dos fones são de couro). É um fone com vários recursos, como iluminação RGB, alto-falantes de 50 mm e som surround DTS.

Fone de ouvido Logitech G635: design e conforto

Como a maioria dos periféricos da Logitech, o design do G935 é simples e, por isso, acaba sendo elegante. O fone de ouvido é preto, construído em uma mistura de plástico fosco e brilhante.

Reprodução

O arco também é de plástico, mas a parte de baixo, que apoia na cabeça, é acolchoada com revestimento em tecido. Senti que essa parte acolchoada poderia ser melhor, já que depois de uns 30 minutos com ele, comecei a sentir uma pressão, mesmo com a altura bem ajustada.

A haste que passa por dentro do arco é de metal, o que é bem interessante para mante-lo sempre alinhado, não entortar e, claro, manter a pressão nos ouvidos para não deixar vazar o som.

Já os fones são grandes, cobrem toda a orelha e são contornados por espuma de espessura de quase 2 cm, o que oferece conforto. Mas, novamente, o revestimento é de tecido, o que aquecia toda a parte em volta da orelha.

No fone esquerdo estão 3 botões para customizar o áudio e outras funções, o botão para escolher se está conectado na USB ou no P2 (acompanha os dois cabos, com 2,8 metros e 1,5 m respectivamente) e controle de volume, com uma solução diferente: em vez de botão, é um controle giratório, como uma roda de mouse, bem menor, claro. Isso foi interessante, porque o volume pode ser ajustado rapidamente. E ainda tem o botão para deixar o microfone mudo. E como são grandes, é bem fácil acessá-los.

Reprodução

Aliás, o microfone fica embutido de tal forma, que é quase uma camuflagem. No início, pensei que ele era destacável e fui procurar na caixa. Ao puxá-lo, ainda há uma pequena haste para esticá-lo ao alcance da boca, pois esta é flexível. Quanto a qualidade, eu não usaria para áudio profissional, mas para streaming de jogos e chats ele é eficiente.

Reprodução

Ainda há o toque final de todo produto gamer: Em cada fone há uma tira de LEDs que passa pela parte de trás e chega na parte de cima, que podem ter suas cores e pulsação configuradas pelo software que veremos a seguir.

Fone de ouvido Logitech G635: recursos, desempenho e o software

Esse fone surpreendeu na qualidade, tanto sonora, quanto nos recursos. O software oferece uma ampla quantidade de customizações, que chegamos a ficar confusos. Baixado do site da Logitech, o programa está bem traduzido para o português.

E é ele que faz a mágica acontecer. Além de customizar as cores dos LEDs, em até 16 milhões de combinações e mais um “pouquinho”, pois usa padrão RGB, também é possível escolher como os LEDs brilham: em pulso, em sequência, em ondas. Fica legal, bem bacana mesmo, mesmo que seja só uma perfumaria.

Reprodução

O Logitech tem tantas opções de customização que é preciso paciência para ver tudo

A parte boa mesmo está em configurar o áudio Surround, um áudio DTS X 2.0, que simula ambientes em 3D, mesmo que o jogo não tenha sido feito em áudio 3D. Nesse caso, a simulação não é perfeita, mas ajuda.

E ainda é possível configurar várias equalizações. Conforme disse anteriormente, há tantas escolhas que é preciso paciência para ver tudo o que pode ser trabalhado. Até macros podem ser gravadas nos botões de customização. Mesmo que seja questionável o quão rápido temos de ser para acionar os botões, nesse caso.

Reprodução

Software do G635 configura surround 7.1 com eficiência

A parte mais legal é a qualidade do som. O surround 7.1 real funciona muito bem, como testei no Battlefield V. O fato é que os alto-falantes, em conjunto com o software, conseguem fazer uma boa dupla e os sons realmente são simulados de modo próximo ao real, com o áudio vindo de acordo com a posição do personagem, assim como projéteis passando perto dele, e até ouvir o som da trajetória, seja de um projétil, um carro, ou avião atravessando a tela de um lado para outro.

E os sons graves também atingem níveis diferentes, como uma explosão de uma granada, o efeito de eco, quando um personagem ficou surdo por causa da explosão, e outros áudios abafados quando o personagem está em ambientes fechados.

Fone de ouvido Logitech G635: conclusão

Este headset da Logitech surpreendeu pela qualidade do som e, em conjunto com o software, consegue atingir um nível de surround 7.1 muito bom. Os botões grandes são fáceis de acessar e o software permite muitas configurações para cada um (veja imagem no review).

Só achei que o arco almofadado poderia ser mais um pouco mais confortável. E para quem curte customizações, a tira de LEDs é um showzinho a parte, que pode ser configurada pelo software em qualquer cor que o usuário quiser. O G635 funciona também em PS4, Xbox e Nintendo Switch. Porém, como usam conector P2, somente terão som estéreo em vez do surround 7.1.


game review Headphone jogos headset fone de ouvido logitech logi
Compartilhe com seus seguidores
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você