Games e Consoles

xbox playstation ps4 xbox

Sony explica por que não libera integração com jogadores no Xbox e no Switch

Renato Santino 15/06/2017 13h06
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Durante a conferência da Microsoft na E3, a empresa anunciou que os jogos Minecraft e Rocket League teriam um modo cross-play, que permitiria que (quase) todas as plataformas jogassem juntos, incluindo Xbox, PC, Mac e Nintendo Switch. Ficou faltando nessa lista aí o nome da Sony, você pode ter reparado. Mas por quê?

A empresa nunca se mostrou muito propensa a aceitar aos pedidos da Microsoft para unir jogadores da Xbox Live e da PSN, mas nunca entrou em detalhes sobre o que impedia a integração. Sim, deve haver vários fatores técnicos que dificultam, mas pelo que as declarações de um dos principais executivos da Sony em entrevista ao site Eurogamer apontam, o que realmente atrapalha é a falta de vontade.

“Nós temos um contrato com as pessoas que ficam online conosco, que diz que nós cuidamos deles e eles entram no universo com curadoria PlayStation. Expor o que, em muitos casos, são crianças a influências externas às quais nós não podemos gerenciar ou cuidar é algo sobre o qual nós precisamos refletir cuidadosamente”, afirma Jim Ryan, chefe de vendas globais e marketing do PlayStation.

Como nota o site The Verge, esta resposta até poderia ser satisfatória se do outro lado do balcão não estivesse a Nintendo, uma das companhias mais conservadores e orientadas a conteúdos familiares do planeta, fechando parcerias com a Microsoft para permitir que os jogadores em ambas as plataformas interajam online.

A resposta da Sony acabou repercutindo mal com a Microsoft, também. Phil Spencer, chefe da divisão de Xbox na empresa pareceu diretamente ofendido com a declaração de que a empresa não cuidaria de seus jogadores, especialmente com uma franquia tão popular entre as crianças como Minecraft.

“O fato de que alguém faria uma afirmação de que, de alguma forma, nós não estamos mantendo jogadores de Minecraft seguros... Eu não entendo, não apenas de uma perspectiva da Microsoft, mas de uma perspectiva da indústria de games, por que esse deve ser o diálogo. Não parece saudável para ninguém”, disse Spencer em entrevista ao site Giant Bomb. Ele ainda manteve as portas abertas para que a integração com o PlayStation aconteça.

A questão é que do ponto de vista da Sony, até é possível entender o provável motivo verdadeiro de rejeitar a parceria. Afinal de contas, o PS4 é líder de mercado com folgas, e parece muito mais interessante do ponto de vista comercial forçar jogadores a comprar um console da empresa para jogar online com seus amigos do que dar maior liberdade ao consumidor escolher qualquer outra plataforma. Na era do Xbox 360, a própria Microsoft já rejeitou uma integração similar enquanto esteve na liderança do mercado.

Isso dito, nessa disputa comercial e corporativa, só quem tem a perder são os jogadores. A integração bem feita provavelmente seria benéfica a usuários em todas as plataformas, proporcionando volumes maiores adversários e companheiros para sessões de jogos online em todos os consoles.

Microsoft Sony PlayStation Xbox Xbox Live PSN PS4 playstation 4 xbox one
Compartilhe com seus seguidores
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você