Um dos maiores sites de emuladores de jogos antigos fechou temendo processo

Se em algum momento da sua vida, você se interessou por ROMs e emuladores de videogames antigos, você deve ter se deparado com o site EmuParadise, que se tornou uma das maiores referências neste tipo de conteúdo. A partir desta quarta-feira, 8, no entanto, a página parou de prestar este serviço temendo um processo por parte da Nintendo, principalmente.

Quem acessar o site agora poderá ver um comunicado de despedida, no qual o autor do site explica que o risco de manter a página no ar simplesmente não vale mais a pena. A página continuará no ar e até deverá continuar distribuindo emuladores, mas as ROMs deverão ser procuradas em outros lugares. Qualquer tentativa de download de jogos resultará em uma mensagem de que o game está indisponível.

“Não vale a pena para nós assumir o risco de consequências desastrosas. Eu não posso, de consciência limpa, arriscar o futuro dos membros da nossa equipe que contribuíram para o site ao longo dos anos. Nós mantemos o EmuParadise pelo amor aos jogos antigos e para que vocês pudessem revisitar aqueles bons tempos. Infelizmente, não é possível neste momento fazer isso de uma forma que mantenha todos vocês felizes e nos mantenha longe de problemas”, explica o texto.

O risco a que o texto se refere tem a ver com um processo iniciado pela Nintendo no fim de julho contra outros dois sites grandes que distribuíam ROMs e emuladores: o LoveROMS e o LoveRETRO. Ambos pertenciam aos mesmos donos, que foram ameaçados de ter que pagar US$ 100 milhões à Nintendo e imediatamente tiraram as páginas do ar. Ao que tudo indica, o EmuParadise temia ser o próximo alvo, embora o comunicado não mencione diretamente a Nintendo.

A visão da Nintendo sobre esse tema é bem clara e ignora completamente a questão de preservação histórica de jogos que já foram abandonados há muitos anos. Como detalha a companhia em um FAQ sobre direitos autorais, “é ilegal baixar e jogar uma ROM da Nintendo da internet”, independentemente se você tem uma cópia original ou se só manteve o jogo em seu computador por 24 horas, não importando se o material foi, de fato, abandonado pelo criador, porque isso não significa que a obra se tornou domínio público.

Uma possível explicação para o comportamento agressivo da Nintendo em relação aos sites que distribuem emuladores e ROMs pode ter a ver com o lançamento do Classic Games Selection, um serviço que dá acesso a jogos antigos dos consoles retrô da empresa, como o NES e o Super Nintendo. O serviço será lançado em setembro, o que pode explicar a ação contra essas páginas.

Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ