App de navegação para locais fechados é testado no MWC

Nós costumamos usar os aplicativos de mapeamento para ir de um local para o outro quando estamos na rua, mas em breve as pessoas também vão poder usar as ferramentas em locais fechados, como museus e shoppings.

A Lenovo aproveitou o Mobile World Congress para mostrar aos participantes como funciona a versão final Project Tango, do Google – a plataforma de mapeamento 3D já havia sido apresentada no ano passado.

O local escolhido foi o Museu Nacional de Arte da Catalunha e, através de tablets, os usuários puderam ver o mapa do museu e traçar uma rota de visitação a partir de um destino determinado, como em um GPS.

Também é possível sair do modo mapa e trocar para a função de realidade aumentada. Nela, a câmera do aparelho mostra a sala onde a pessoa está e o caminho que deve ser seguido.

O Google afirmou que os desenvolvedores poderão modificar a plataforma para que o usuário possa interagir de acordo com o objetivo. Por exemplo, o museu pode permitir que através do app os visitantes consigam clicar em uma obra e saber mais informações sobre ela, ter resumo em áudio ou ver um slide de outras obras.

Essas características não são muito inovadoras se você considerar que o Museu do Louvre, em Paris, já utiliza o console Nintendo 3DS como guia interativo. Porém, se o Project Tango for aplicado em shoppings, estacionamentos e hospitais, significa que não ficaremos mais perdidos dentro dos lugares nos próximos anos.

Via Mashable

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ