Google e Intel anunciam nova geração mais potente de Chromebooks

Renato Santino 06/05/2014 18h05
chromebooks
A A A

Embora o Chrome OS ainda seja um sistema operacional de nicho, com poucos usuários, Google e Intel continuam apostando nele. Tanto é que nesta terça-feira, 6, as duas empresas anunciaram 20 dispositivos usando o software e processadores da nova geração, produzidos por diversas fabricantes.

Até hoje, a parceria havia rendido apenas quatro Chromebooks usando processadores da Intel, com a nova microarquitetura Haswell. Agora, ela abrange laptops e desktops, com chips Celeron Bay Trail, Haswell e Core i3 de 4ª geração.

Os chips da Intel, usados nos novos Chromebooks e desktops, com o nome de Chromebox, serão produzidos com metais de regiões livres de conflitos, conforme um novo compromisso da fabricante.

Entre as empresas que já entraram no jogo estão nomes gigantes da indústria como Acer, Asus, Dell, Hewlett-Packard, Lenovo, LG, e Toshiba. Alguns deles, parceiros de longa data da Microsoft e Windows, que agora estão abrindo novos horizontes. Curiosamente, a Samsung, uma das primeiras a firmar acordo com o Google, não foi confirmada.

A Lenovo revelou seu primeiro Chromebook, o N20p, com tela sensível ao toque e outro modelo, o Yoga Chromebook, que usará um chip de 64 bits, com tecnologia Bay Trail. A Acer anunciou o C200, com tela de 11,6 polegadas, e o C300, de 13,3 polegadas.

Já a Acer e a Dell apostaram em processadores Core i3 de 4ª geração. A Dell revelou o Chromebook 11, enquanto a Acer anunciou o C720. Enquanto isso, a HP aposta em um Chromebox com processador Haswell, assim como a LG, que lancará sua Chromebase, um computador all-in-one com tela de 21 polegadas.



Via CNET 

Intel Google Chrome OS Chromebook
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você