Anac pede que passageiros não usem o Galaxy Note 7 em voos pelo Brasil

A Agência Nacional de Aviação Civil emitiu um ofício aos operadores de transporte aéreo de todo o país com recomendações sobre como o Galaxy Note 7 deve ser tratado dentro das aeronaves que circulam pelo espaço aéreo brasileiro.

“A Anac sugere que passageiros e tripulantes não liguem nem recarreguem esse modelo dentro de suas aeronaves”, informa a agência, em nota. “A recomendação sugere, ainda, que o modelo Note 7 da Samsung não seja transportado por passageiros ou tripulantes em bagagens despachadas, mas somente em bagagem de mão e desligado.”

Há dias a Samsung lida com um problema de superaquecimento que tem causado explosões de unidades do Note 7 — que ainda nem começou a ser vendido no Brasil. A companhia já iniciou um processo de recolhimento e considera combater a questão a distância por meio de uma atualização de software.

Em meio a essa situação, vários órgãos de aviação pelo mundo têm emitido recomendações semelhantes à da Anac, incluindo a FAA, dos Estados Unidos.

Em comunicado ao Olhar Digital, a Samsung afirmou que está ciente do posicionamento da ANAC e ressaltou que o dispositivo ainda não foi lançado no Brasil. "Dessa forma, solicitamos que os consumidores que adquiriram um Galaxy Note 7 no exterior ou viajantes de passagem pelo Brasil desliguem seus aparelhos", explica a empresa. A Samsung  reforça, ainda, que consumidores locais que compraram o produto fora do país contatem o serviço de atendimento ao cliente nos telefones: 4004-0000 (capitais) e 0800-124421 (outras cidades). 

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ