Aplicativos instantâneos do Android já atingem 500 milhões de usuários

Finalmente o Google liberou para as massas os aplicativos instantâneos, a iniciativa anunciada em 2016 que permite a utilização de aplicativos sem a necessidade de instalá-los previamente. A empresa anunciou que 500 milhões de aparelhos Android já têm acesso à funcionalidade, o que não é toda a base de usuários, mas já é uma boa parte.

 A ideia é simples: ao clicar em algum link ou fazer alguma busca que resulte em conteúdo de um app, como um vídeo do Vimeo, por exemplo, o aplicativo é automaticamente executado, como se fosse por streaming, em vez de abrir uma página da web.

O recurso começou a ser distribuído em janeiro deste ano e foi liberado para todos os desenvolvedores em julho, com um processo de distribuição gradual até chegar aos 500 milhões que têm acesso aos aplicativos instantâneos. Por enquanto, apenas aparelhos com Android 6.0 ou superior podem aproveitar a ferramenta, com planos de alcançar também as versões 5.0 no futuro.

Segundo o Google, o recurso tem sido uma forma de alavancar a utilização de aplicativos e gerar maior engajamento. Mantendo o exemplo do Vimeo, o tempo médio de uma sessão aumentou em 130% enquanto o app de palavras-cruzadas do New York Times dobrou o número de sessões por usuário.

Ao anunciar esses números, o Google tem o objetivo de convencer mais empresas a prepararem seus aplicativos para funcionar no formato instantâneo. Afinal de contas, a ideia de aumentar o engajamento e atingir até 500 milhões de pessoas é interessante para qualquer app.

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ