Após polêmica com Status, WhatsApp estaria recebendo notas positivas falsas

Quando o WhatsApp inseriu o novo recurso Status (uma cópia evidente do Snapchat) ao seu aplicativo, muitos usuários ficaram descontentes. Normalmente, essa insatisfação faria a nota do aplicativo na loja do Google diminuir. Mas, curiosamente, logo depois da atualização, o app começou a ganhar uma série de avaliações falsas, segundo o Telegraph.

Entre janeiro e março de 2017 (ou seja, incluindo o período pós-atualização), a nota média do WhatsApp na Play Store ficou em 3,4 de 5. Essa nota é um ponto abaixo da média histórica do aplicativo, que fica em 4,4 de 5, de acordo com o site App Annie. O gráfico abaixo mostra as avaliações que o WhatsApp vem recebendo ao longo do tempo:

Reprodução

Essa queda, na média, ocorreu apesar de uma série inesperada de avaliações positivas que o aplicativo vem recebendo. Ainda de acordo com o App Annie, a maioria das avaliações 5 estrelas do WhatsApp usa palavras como "game" (jogo), "graphics" (gráficos) e "slots" (roleta). Como o aplicativo de mensagens não tem nenhum recurso desse tipo, paira a suspeita de que se tratam de avaliações falsas, compradas para "maquiar" a nota do app. Abaixo, é possível ver algumas delas:

Reprodução

Considerando-se apenas a nota do aplicativo em inglês, a média de sua avaliação vai de 3,4 para 4,9 - em boa parte graças a essas avaliações. O Telegraph acredita que mais de 10% das avaliações de 5 estrelas que o WhatsApp vem recebendo sejam falsas. No total, cerca de 2,7% de todas as avaliações do WhatsApp na Play Store incluem palavras que levam a crer que elas são falsas.

Para sustentar a hipótese de que as avaliações falsas estariam alterando a média geral do WhatsApp, o site comparou a situação do aplicativo com a do Telegram. De todas as mais de 23 mil resenhas do Telegram, apenas 22 tinham a palavra "game"; todas elas falavam, de fato, sobre os jogos disponíveis no aplicativo. 

Numa declaração enviada ao The Next Web, o WhatsApp disse o seguinte: "Estamos focados em melhorar nosso serviço para nossos 1,2 bilhão de usuários no mundo todo. Não temos tempo para avaliações falsas, e entramos em contato com o Google para averiguar a questão". O Telegraph, portanto, imagina que as avaliações falsas estejam sendo compradas por um terceiro sem relação com o app.

Compras para o Natal? Não deixe de conferir a extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ