Apple anuncia iPad Pro de 10,5 polegadas por até R$ 8.400

Hoje durante seu evento para desenvolvedores, o WWDC, a Apple anunciou uma versão de 10,5 polegadas do iPad Pro, seu tablet de alto desempenho. O novo dispositivo tem um processador de seis núcleos novo da Apple, e a empresa considera que sua tela contém "o melhor display que já fizemos até hoje".

Segundo a empresa, a tela do tablet tem uma taxa de atualização de até 120 quadros por segundo. Isso significa que ela é capaz de mostrar vídeos gravados nessa taxa de quadros, mas segundo a empresa isso também torna a experiência de uso do novo iPad muito mais agradável. A taxa aumentada de atualização torna as animações do sistema e dos apps mais fluidas.

O processador do novo iPad Pro é o A10X Fusion. Trata-se de um processador de seis núcleos, com três deles dedicados a tarefas "pesadas" e outros três para tarefas mais simples. Ele é combinado com um novo processador de vídeo que promete, segundo a empresa, performance até 40% melhor em tarefas de gráficos. 

Combinado com a tela, o processador do novo iPad Pro é capaz de ajustar dinamicamente a taxa de atulização do display. Assim, para imagens estáticas, ele reduz a taxa para 24 Hz, e só sobe até 120 Hz quando há algum conteúdo na tela que se aproveita dessa taxa. Com isso, de acordo com a Apple, ele consegue oferecer as mesmas 10 horas de duração da bateria que os iPad Pros anteriores.

Em termos de memória, ele começa em configurações de 64 GB - a Apple anunciou que aumentou para 64 GB a configuração inicial de seus iPads - e vai até 512 GB. Fora isso, ele também tem uma câmera traseira de 12 MP com estabilização óptica e abertura de f/1.8 capaz de gravar vídeos em resolução 4K. Sua câmera frontal, por sua vez, tem 7 MP, e o aparelho tem portas USB 3 além das conexões Thunderbolt.

Ele é compatível com tecnologias de carregamento rápido e se carrega em metade do tempo dos iPad Pros anteriores. De acordo com a Apple, ele está disponível a partir de hoje por preços a partir de US$ 650 (cerca de R$ 2.100) pela versão de 64 GB. 

iOS otimizado

Além disso, o novo iPad Pro terá uma série de novas funções habilitadas pela iOS 11, que deve ser lançada no terceiro semestre deste ano. O foco desses novos recursos é a capacidade de realizar diversas tarefas e abrir diversos apps ao mesmo tempo. O Dock de aplicativos do iPad Pro, por exemplo, agora pode ser editado pelo usuário para incluir outros apps.

Arrastando um aplicativo a partir do Dock, é possível abrí-lo ao lado de outro aplicativo já aberto. Dessa forma, é possível assistir a vídeos do YouTube e responder a mensagens do WhatsApp ao mesmo tempo, por exemplo. O movimento de arrastar e soltar vai funcionar para abrir aplicativos, enviar imagens, e até mesmo para abrir links.

O teclado do iOS 11 também tem uma otimização no teclado do iPad Pro que permite que o usuário digite números apenas deslizando para baixo nas teclas correspondentes do teclado. E também será possível alterar entre aplicativos diferentes deslizando para cima em qualquer momento para acessar o que a Apple chama de App Switcher - que funciona mais ou menos como um Alt+Tab no Windows.

Com o iOS 11, o iPad Pro também ganhará um novo aplicativo chamado Files. Ele é semelhante ao Finder do macOS ou ao Explorer do Windows, e facilita o processo de navegar entre os arquivos. Serviços de nuvem utilizados pelo usuário, como o iCloud, o Google Drive e o Dropbox, também aparecerão listados ao lado dos arquivos armazenados localmente no iPad Pro.

Finalmente, a nova versão do sistema operacional também traz novos recursos para o Apple Pencil, a caneta virtual da Apple. A latência do dispositivo cai para 20 milissegundos com o iOS mais recente, e ele pode ser usado para editar ou escrever em cima de e-mails, sites, fotos ou prints de tela do tablet.

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ