Apple compra parte de fábrica de chips Dialog por US$ 300 milhões

A Apple acaba de assinar um contrato milionário com a fabricante de chips europeia Dialog Semiconductor. A criadora do iPhone pagou US$ 300 milhões para adquirir uma parte da empresa e, assim, expandir sua produção de chips e componentes para o celular.

Os US$ 300 milhões foram para licenciar parte das patentes de gerenciamento de energia da Dialog, adquirir 300 engenheiros e tomar para si alguns ativos. Além disso, a Apple se comprometeu a gastar mais US$ 300 milhões nos próximos três anos com produtos da Dialog para a sua linha de produção.

A fábrica de chips, que fica sediada em Reading, no Reino Unido, vai continuar funcionando como uma empresa independente da Apple, embora tenha cedido 16% de seus funcionários, além de inúmeros ativos, para a Apple, que é uma cliente de longa data.

Segundo informações do The Verge, a relação entre Apple e Dialog não andava tão bem. No ano passado, a imprensa revelou que a Maçã queria desenhar seus próprios chips de gerenciamento de energia e reduzir sua dependência da fornecedora britânica.

No começo deste ano, a própria Dialog revelou que a Apple tinha reduzido o volume de peças compradas para a produção de novos iPhones. O iPhone XS, lançado em setembro, de fato trocou alguns de seus componentes normalmente feitos pela Dialog, como revelaram alguns desmanches.

Com a aquisição de grande parte da fornecedora e o comprometimento de três anos, que leva o investimento total a US$ 600 milhões, a Apple traz para perto de si a produção de chips que são essenciais para o iPhone, mas sem deixar a antiga parceira a ver navios.

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ