Apple ajudou nas buscas do voo desaparecido da Malaysia Airlines

O Conselho Geral da Apple declarou hoje em uma audiência sobre situações de emergência que a companhia ajudou nas buscas do voo 370 da Malaysia Airlines.

O deputado Cedric Richmond perguntou na audiência como a Apple atuaria em uma situação hipotética, como, por exemplo, pistas que poderiam ser obtidas através de um iPhone. O representante da Apple, Bruce Sewell, informou que a empresa iria buscar por todos os dados que rodeassem o aparelho e citou a experiência com o apoio ao FBI nas buscas pelo voo 370 da Maylasia Airlines que desapareceu em 2014.

Sewell explicou que assim que o avião caiu e foi declarado como desaparecido, a Apple contatou seus provedores de telefonia no mundo todo, juntamente com as companhias aéreas, para passar o máximo de informações possíveis para o FBI. Além disso, o representante disse que a Apple usaria todos seus procedimentos existentes em casos de emergência e que a companhia se dispõe para ajudar em situações como esta.

Mesmo com as declarações, a Apple continua enfrentando uma disputa com o FBI sobre quebra de segurança de seus dispositivos.


Via The Verge

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ