Relógios inteligentes devem chegar a 50 milhões de unidades vendidas em 2016

Uma pesquisa realizada pela consultoria Gartner mostra que em 2016 devem ser vendidas 50 milhões de unidades de relógios inteligentes, um aumento de 30 milhões em relação ao ano anterior. De acordo com o estudo, o sucesso da categoria é atribuído ao Apple Watch, relógio da Apple que é líder no mercado.
"A Apple está popularizando os dispositivos vestíveis como uma tendência de estilo de vida", afirma o estudo.

Segundo a consultoria, a fabricante não só criou uma demanda por relógios inteligentes, como ajudou o mercado global de vestíveis, que inclui, por exemplo, as pulseiras de atividades. Neste ano, devem ser vendidos 275 milhões de dispositivos portáteis, um aumento de 18,4% em relação ao ano anterior. Os lucros também devem aumentar, passando para US$ 11,5 bilhões em 2016 e chegando aos US$ 17,5 bilhões em 2019.

Apesar do aumento, os relógios inteligentes não devem se tornar tão populares quanto os smartphones, que neste ano deve atingir os 374 milhões de unidades vendidas.

Via Digital Trends

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ