Logo Olhar Digital

Apple é processada por relatório do Greenpeace

Redação Olhar Digital 16/10/2007 17h00
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Organização acusa a empresa de usar materiais tóxicos na produção do iPhone

Um relatório do Greenpeace, que analisou o iPhone em busca de informações sobre os materiais usados em sua construção, critica a Apple pelo uso de materiais potencialmente tóxicos no aparelho, como retardantes de chamas à base de bromo (BFR) e PVC. Os testes independentes realizados pela organização afirmam que mais de 10% do material usado na antena do iPhone é BFR. A Apple não demorou em responder, reforçando o fato de que todos os seus produtos, inclusive o iPhone, estão de acordo com a RoHS, legislação ambiental européia que está entre as mais exigentes no mundo, e que está empenhando um programa interno para eliminar materiais potencialmente perigosos, como BFRs e PVC, de seus produtos até o fim de 2008.

 

Mesmo assim, não foi o suficiente para a Apple escapar de um processo movido pelo Centro de Saúde Ambiental (CEH) na Califórnia, que exige que a empresa coloque etiquetas de alerta no iPhone, ou melhor ainda, refaça o projeto do aparelho para evitar os materiais danosos. A Apple tem 60 dias para responder. Entretanto, representantes do CEH reconhecem que o processo é apenas uma precaução, e esperam trabalhar em conjunto com a empresa para resolver a questão de forma amigável e satisfatória para ambas as partes. O CEH também está realizando seus próprios testes, com o objetivo de validar as informações do relatório do Greenpeace.

Celulares iPhone
Compartilhe com seus seguidores
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você