Apple registra patente de detector de fumaça para iPhones

Em breve, os futuros iPhones e iPads podem vir com um detector de fumaça embutido. Pelo menos é o que sugere uma patente registrada pela Apple em 2013 e publicada em 2014, em que a empresa descreve um sistema capaz de alertar ao usuário quando houver iminência de incêndio ao seu redor.

De acordo com a patente, os dispositivos da Apple poderiam vir com um sensor semelhante ao utilizado em estabelecimentos e lojas americanas, mas miniaturizado para caber no chassi de um smartphone, por exemplo. Alguns dos planos sugerem até mesmo integrar o detector de fumaça à câmera do celular.

Para que o sensor seja capaz de dectar a fumaça, no entanto, é preciso que ela entre no dispositivo. Desta forma, seria mais prático que o detector fosse inserido próximo ao fone ou às saídas de áudio do aparelho. Assim que o sistema registra a iminência de um incêndio, o software entra em ação, enviando um alerta ao usuário ou entrando em modo de segurança.

A patente também registra a ideia de enviar uma mensagem SMS às autoridades, além de incluir um sensor de presença que identifica se o dono do celular está próximo ou não ao fogo. Isso pode ajudar bombeiros na localização de pessoas presas em prédios em chamas ou alertar remotamente o dono sobre um provável incêndio em sua casa.

Contudo, o registro da patente não indica, necessariamente, que o recurso será integrado já nas próximas gerações de dispositivos iOS. Os créditos da invenção vão para Paul G. Puskarich.

Via Apple Insider

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ