Apple teria vendido apenas 49 mil iPads Pro na China

O iPad gigante da Apple não tem vendido tão bem na China quanto as edições de tamanho mais modesto. Uma consultoria local chamada TalkingData, que segue as ativações de dispositivos, afirma que apenas 49,3 mil unidades foram vendidas em um mês de vendas.

A baixa demanda não é comum para a Apple na China, onde produtos como iPhones e os próprios iPads vendem em abundância. No caso do iPad Pro, com sua tela de 12,9 polegadas, os números estão dez vezes menores que os do iPad Air 2, conforme ressalta o Mashable.

Na quarta semana após o lançamento, o modelo mais recente do iPad tradicional já contava com 557,4 mil ativações na China. Até o iPad mini 4 está melhor que o Pro, com 92,4 mil ativações no primeiro mês.

É preciso levar em consideração, entretanto, que o iPad Pro não é um produto voltado especificamente ao consumidor doméstico. Com o tamanho de dois tablets normais e poder de processamento elevado, o modelo custa o equivalente a US$ 908 na China e tem como alvo os clientes corporativos.

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ