Argentinos enviam mais SMS que brasileiros

Trafego de mensagem de texto no país vizinho cresceu 50%, revela pesquisa da Frost & Sullivan

Não é apenas no campo de futebol que os argentinos e brasileiros são diferentes. Eles também apresentam comportamento diferente na hora de usar o celular. Enquanto os argentinos preferem enviar mensagens de texto, os brasileiros gostam de falar ao telefone. A constatação vem de uma pesquisa da Frost & Sullivan. Entre 2005 e 2006 o número de SMS enviados e recebidos teve um aumento de 50% na Argentina, enquanto no Brasil o crescimento deve chegar a apenas 35% no final de 2007. Dados de outra pesquisa realizada pela Tegic Communications revela que 72% dos usuários não usam ou poderiam aumentar o envio de SMS. Daniel Barna, gerente geral da Tegic para a América Latina, diz que isso se deve à dificuldade que alguns têm em utilizar os pequenos teclados dos celulares. O estudo da Tegic mostra ainda que os que aprenderam a usar o texto preditivo enviaram 60% mais mensagens em comparação aos usuários que não foram treinados.

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ