Atualização no watchOS impossibilita pulseira que recarregava relógio

 No ano passado, uma fabricante de acessórios descobriu uma porta escondida no Apple Watch e decidiu usá-la para criar uma pulseira capaz de prolongar a vida útil da bateria em até 150%. O acessório, no entanto, chegou ao fim antes de nascer. Na semana passada, a Reserve Strap anunciou o cancelamento da produção do aparelho, depois de mudanças da Apple.

“A partir do WatchOS 2.0.1 há uma alteração inesperada no protocolo de acessórios externos que desativa a funcionalidade da Reserve Strap. "Este erro interfere na comunicação entre acessórios e Apple Watch”, explica a companhia.

Apesar de a empresa não acusar diretamente a Apple de realizar as mudanças com a finalidade de impossibilitar seu acessório, patentes da maçã recentes sugerem pulseiras funcionais para dispositivos vestíveis, incluindo a adição de baterias.

A Reserve Strap afirma que usuários que solicitaram as pulseiras e possuem relógios com versões do watchOS anteriores à 2.0.1 receberão o produto nas próximas semanas.

Leia também:

Apple Watch vende menos do que o esperado no final de 2015

Apple Watch supera Rolex como o relógio mais desejado do mundo

Via Mashable

 

O Natal está chegando. Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ