Atualizações do Windows continuam causando problemas em 2019

Se você também tinha grandes expectativas em relação ao Windows para 2019, a Microsoft acaba de frustrá-las. Isso porque o ano mal começou e já temos que lidar com três novos bugs na plataforma.

Novos erros foram encontrados no Windows 10: as contas de administrador integradas existentes foram desativadas, os arquivos de áudio FLAC sumiram e os novos recursos Sandbox e Windows Defender Application Guard já não funcionam mais.

Contas de administrador integradas

O erro com as contas de administrador integradas acontece apenas para aqueles usuários que possuíam este recurso ativado. Normalmente, essa função é desativada por padrão do sistema. Assim, como a maioria das pessoas não utiliza este tipo de conta, o erro não afeta muitos usuários.

As contas de administrador integradas existentes foram desativadas automaticamente para aqueles que saltaram da versão de Abril 2018 para a versão de Outubro de 2018 do Windows 10. Desta forma, qualquer pessoa que mantinha uma conta de administrador integrada, perdeu ela.

O problema é que, caso esses usuários excluam as sua conta de administrador local, não conseguirão obter permissões de administrador em seus PCs. Para solucionar o problema,a Microsoft informou que planeja enviar um patch corretivo em algum momento deste mês de janeiro.

Arquivos de áudio FLAC

De acordo com o site MSPoweruser, o suporte para arquivos de áudio FLAC já estava parcialmente quebrado na atualização de Abril de 2018. Contudo, apenas a classificação de músicas e edição de metadados havia sido interrompida. Logo, os usuários ainda podiam ouvir as música que usavam este formato.

Com a atualização do sistema para a versão Outubro de 2018, nem isso mais é possível. Depois de receber a nova versão do sistema, os metadados dos arquivos FLAC serão cortados, fazendo com que os usuários não consigam escutar o primeiro minuto da faixa. O erro aconteceu usando programas como Groove Music e Windows Media Player.

A Microsoft ainda não informou quando este problema será solucionado.

Sandbox e Application Guard

A Sandbox chegou recentemente ao sistema da Microsoft e é uma solução simples, capaz de iniciar aplicativos em um ambiente de trabalho isolado no Windows 10, oferecendo mais segurança aos usuários da plataforma. Já o Application Guard é um recurso de segurança do Edge, útil para aqueles usuários que querem um browser com um ambiente isolado para navegar em sites não confiáveis.

Infelizmente, como relatado nos pelos sites MSPoweruser e Windows Central, os recursos pararam de funcionar propriamente após receberem a mesma atualização. A Microsoft reconheceu que a atualização cumulativa KB4483214 causou erros nos dois recursos. De acordo com a empresa, a única solução é desinstalar a atualização. Porém, isso não é recomendado, visto que o update cumulativo KB4483214 corrige a vulnerabilidade conhecida como “dia zero” do Internet Explorer.

Logo, apenas se você realmente não usar o Internet Explorer, poderá desinstalar com segurança essa atualização e recuperar esses dois recursos de segurança.

Você faz compras Online? Não deixe de conferir a extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ