Aumento do número de drones preocupa autoridades nos Estados Unidos

Foram 583 drones voando em espaço aéreo restrito e que foram avistados por aviões entre agosto de 2015 e janeiro de 2016. Segundo a Federal Aviation Administration (FAA), o número aumentou de forma impressionante nos últimos dois anos e isso pode se tornar um problema.

Mesmo com a proibição de voar em locais próximos de aeroportos, esses gadgets estão cada vez mais dominando o céu. Em 2014, foram registrados 238 flagras. Já em 2015, as aeronaves avistaram 1.233 drones.

Os dados, porém, não são exatos já que há ocasiões em que não é possível constatar com certeza se o objeto visto por pilotos e em radares era mesmo uma aeronave controlada remotamente ou um pássaro, por exemplo. Vale destacar também que em muitos momentos os pilotos não precisaram realizar qualquer manobra evasiva para evitar uma colisão com o drone.

No entanto, alguns incidentes isolados preocupam o órgão. Um episódio na Flórida contou com um avião e um drone separados por uma distância de 30 metros. Outro, em St. Louis, obrigou o piloto de helicóptero a realizar uma manobra evasiva complicada para evitar a colisão.

Como forma de controlar os drones, a FAA forçou os usuários a registrarem seus “brinquedos”. O uso sem identificação poderá acarretar em punições aos donos. A organização também afirma estar trabalhando em métodos de identificação dos gadgets voando em áreas proibidas.

Via Tech Insider

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ