Smartphone - sala de aula

Banir celular da sala de aula pode aumentar notas, revela estudo

Caroline Rocha, editado por Marcelo Gripa 13/05/2015 18h00
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Um estudo realizado em escolas da Inglaterra apontou que alunos que foram proibidos de utilizar celulares em sala de aula tiveram um aumento de mais de 6% nas notas em testes nacionais. “A proibição do uso de telefones na sala pode equivaler a 1h a mais na escola por semana ou ao aumento de cinco dias no ano letivo”, explicam os pesquisadores.

A pesquisa envolveu alunos de escolas de quatro cidades da Inglaterra: Birmingham, Londres, Leicester e Manchester e combinou dados de aproveitamento dos alunos antes e depois da adoção da medida. Depois da proibição, o resultado dos testes de alunos com 16 anos aumentou 6,4%.

No entanto, é importante saber que os resultados foram observados entre os alunos que possuem notas menores. O banimento de celulares entre os estudantes com notas maiores não fez nenhuma diferença. Adolescentes na faixa dos 14 anos também não apresentaram notas diferentes, já que tendem a utilizar menos os celulares.

Os avanços da tecnologia são frequentemente vistos como uma chance de aproveitar a produtividade nas escolas, mas eles também podem levar a distrações como jogos, trocas de mensagens e o acesso à internet em horário de aula. “Não descartamos a possibilidade de que os celulares e outras formas de tecnologia podem ser uteis nas escolas, caso sua utilização esteja devidamente estruturada”, contam os pesquisadores.

Via TheConversation

 

 

Celulares Educação Pesquisa estudo
Compartilhe com seus seguidores
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você