iphone 6 bateria

Baterias de smartphones que se autocarregam vêm aí

Redação Olhar Digital 16/07/2015 11h20
Compartilhe com seus seguidores
A A A

A empresa NikolaLabs está trabalhando em uma tecnologia que permite o autocarregamento de celulares. A técnica consiste em capturar ondas de rádio que os celulares transmitem ao se conectar com torres e roteadores Wi-Fi e convertê-las em eletricidade capaz de carregar a bateria.

Todo mundo sabe a dificuldade que é chegar ao fim do dia com bateria no aparelho. Uma forma de a indústria corrigir isso é através do carregamento sem fio, mas que exige uma base conectada à tomada para alimentar o dispositivo. A ideia, então, é buscar novas soluções.

A tecnologia da NikolaLabs funciona com ondas de rádio que não são utilizadas na comunicação, logo, não altera a qualidade da ligação ou outros serviços. Uma caixa acoplada ao telefone conseguiria captar essas ondas e transformá-las em eletricidade, sendo capaz de carregar cerca de 25% a 30% da bateria.

A Sunpartner Technologies, empresa de tecnologia solar francesa, também está trabalhando em uma forma de carregamento semelhante, que consiste na aplicação de finas camadas chamadas WYSIPS Crystal entre a tela touch-screen do smartphone. Essas camadas possuem pequenas células solares que podem captar luz e convertê-la em corrente elétrica para a bateria quando o telefone é exposto à luz solar ou artificial. Executivos da empresa esperam conseguir lançar a tecnologia no próximo ano, mas alertam que ela tem pouco potencial: a carga seria de 10% a 15% da bateria.

Outro método de autocarregamento, criado pela Ampy, tem o tamanho de um baralho de cartas e contém imãs indutores que se deslocam durante atividades físicas para gerar e armazenar eletricidade. A bateria da Ampy seria capaz de carregar completamente um smartphone, apesar de demandar de certo esforço por parte do usuário. Segundo o site da marca, uma hora de atividade física renderia uma hora de uso do celular.

Apesar de essas tecnologias serem boas esperanças para o futuro, a empresa NikolasLabs declara que as fabricantes precisam pensar melhor sobre a bateria na produção de aparelhos. Resta agora esperar e ver qual será o método que conseguirá acabar com os problemas de falta de bateria ao longo do dia da forma mais eficaz.

Via MIT Technology Review

Bateria Energia Solar Energia carregador
Compartilhe com seus seguidores
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você