Boato espalha falsa aquisição do Twitter pelo Facebook e preocupa usuários

O Twitter brasileiro está em polvorosa com a notícia de que a plataforma foi comprada pelo Facebook. Acontece, no entanto, que se trata de um boato bizarro que não tem qualquer fundamento, que se espalhou por meio de um print falso.

A hashtag #FacebookComprouTwitter disparou para o topo do “Assuntos do Momento” do Twitter no Brasil, o que mostra como a informação falsa se alastrou como fogo pela rede social. Muitos usaram a hashtag para desmentir a informação, mas há usuários legitimamente preocupados com a situação.

A imagem responsável pela informação errada usa a imagem do G1, o portal de notícias do Grupo Globo. O tweet falso, registrado em um print de baixa definição, indica que a aquisição custaria US$ 30 bilhões aos cofres do Facebook e que Mark Zuckerberg haveria prometido muitas mudanças. Nada disso é real. Além disso, o link encurtado apresentado na imagem direciona para uma notícia cujo título é “Brasileiros precisam se preocupar com arsênio no arroz, assim como os britânicos?”, o que não tem nada a ver com Facebook ou Twitter.

Então, se você é um usuário do Twitter e se preocupa com o futuro da rede social e não quer que ela se aproxime do Facebook, pode dormir tranquilo. Não foi dessa vez que Mark Zuckerberg colocou suas mãos na plataforma do passarinho azul.

O Natal está chegando. Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ