Boato espalha falsa aquisição do Twitter pelo Facebook e preocupa usuários

O Twitter brasileiro está em polvorosa com a notícia de que a plataforma foi comprada pelo Facebook. Acontece, no entanto, que se trata de um boato bizarro que não tem qualquer fundamento, que se espalhou por meio de um print falso.

A hashtag #FacebookComprouTwitter disparou para o topo do “Assuntos do Momento” do Twitter no Brasil, o que mostra como a informação falsa se alastrou como fogo pela rede social. Muitos usaram a hashtag para desmentir a informação, mas há usuários legitimamente preocupados com a situação.

A imagem responsável pela informação errada usa a imagem do G1, o portal de notícias do Grupo Globo. O tweet falso, registrado em um print de baixa definição, indica que a aquisição custaria US$ 30 bilhões aos cofres do Facebook e que Mark Zuckerberg haveria prometido muitas mudanças. Nada disso é real. Além disso, o link encurtado apresentado na imagem direciona para uma notícia cujo título é “Brasileiros precisam se preocupar com arsênio no arroz, assim como os britânicos?”, o que não tem nada a ver com Facebook ou Twitter.

Então, se você é um usuário do Twitter e se preocupa com o futuro da rede social e não quer que ela se aproxime do Facebook, pode dormir tranquilo. Não foi dessa vez que Mark Zuckerberg colocou suas mãos na plataforma do passarinho azul.

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ