Bug em software faz EUA soltarem mais de 3.000 presos antes da hora

Uma falha de software fez com que o Estado de Washington, nos Estados Unidos, liberasse cerca de 3,2 mil prisioneiros antes da hora.

O problema começou em 2012, quando ocorreu uma atualização no programa que calcula pontos por bom comportamento. Ela veio com uma falha que fez com que 3% dos detentos recebessem créditos a mais.

Repercutindo a BBC, o Gizmodo informa que o bug foi notado no mesmo ano, mas nada foi feito de imediato para corrigi-lo. Como resultado, os presos soltos receberam uma média de 49 dias indevidamente - mas há pelo menos um caso em que a pessoa obteve mais de 600 dias.

A solução finalmente deve ser colocada em prática em 7 de janeiro. Enquanto isso, todos os presos liberados antes da hora deverão retornar para cumprir o resto de suas sentenças. Pelo menos quem não causou problemas nas ruas durante esse período receberá créditos de verdade por bom comportamento.

Compras na internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar




RECOMENDADO PARA VOCÊ