Busca por bitcoin causa maior série de roubos da história da Islândia

A valorização da bitcoin gerou uma série de crimes na Islândia, e 600 computadores foram roubados de data centers no país entre dezembro e janeiro. Autoridades islandesas acreditam que grupos organizados estão por trás da maior série de roubos da história do país.

Os computadores foram roubados em quatro assaltos separados. Até agora, 11 pessoas foram presas suspeitas de envolvimento nos crimes, mas as máquinas, avaliadas em US$ 2 milhões, ainda não foram encontradas.

De acordo com Olafur Helgi Kjartansson, da polícia da Península de Reykjanes, tudo indica que os crimes foram cometidos por grupos altamente organizados. "Esse é um roubo em uma escala jamais vista antes", disse, segundo o ArsTechnica.

A eletricidade é bastante barata na Islândia em comparação a outras partes da Europa. O país gera bastante energia geotérmica para uma população de apenas 300.000 pessoas, o que torna o país um lugar indicado para a mineração de bitcoins, que costuma consumir uma grande quantidade de energia.

Compras para o Natal? Não deixe de conferir a extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ