Caixa de som de US$ 350 da Apple deixa marca em superfícies de madeira

Na semana passada, a Apple começou a vender no exterior o HomePod, sua caixa de som conectada capaz de responder a comandos de voz pela Siri. O dispositivo custa US$ 350 (mais de R$ 1.130 em conversão direta), mas os primeiros consumidores já estão encontrando defeitos inesperados.

Usuários do HomePod perceberam que ele pode deixar um círculo branco marcado em superfícies de madeira. Fotos do incidente foram compartilhadas pelo Twitter, até que um porta-voz da Apple encaminhou um posicionamento ao site Wirecutter.

E é verdade: a Apple admite que o HomePod pode deixar marcas em algumas superfícies de madeira. Não se sabe ainda o que causa o surgimento das manchas, mas, aparentemente, elas podem aparecer após apenas 20 minutos, e não são permanentes.

O site Pocket-lint fez alguns testes com o HomePod e parece ter chegado à conclusão de que as manchas não aparecem em qualquer tipo de superfície de madeira, mas surgiram em ao menos um móvel que havia sido lubrificado com óleo dinamarquês.

Um porta-voz da Apple disse ao Wirecutter que "as marcas podem melhorar após alguns dias depois que a caixa de som for removida de sobre a superfície de madeira". Se elas não sumirem, a empresa sugere "limpar a superfície com o lubrificante sugerido pela fabricante".

O HomePod não é vendido oficialmente no Brasil, e nem tem previsão para chegar ao país.

Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ