Cavalo-de-Tróia muda de tática para infectar máquinas

Storm Worm chegou a ser responsável por 8% das máquinas infectadas no planeta

O WebSense Security Labs divulgou uma nota alertando para uma mudança de tática e nova onda de infeção por um cavalo-de-tróia (trojan) chamado Storm, também conhecido como Storm Trojan ou Storm Worm. Em um ataque inicial em janeiro deste ano ele infectou milhares de computadores, e chegou a ser responsável por 8% das infecções mundiais por malware (programas que prejudicam o computador e seu usuário). A praga virtual está se espalhando por meio de e-mails em inglês que informam o recebimento de um cartão vindo de um “colega de escola” enviado através do site christianet.com. A mensagem contém um link para visualização do suposto cartão, que na verdade leva a um site que infectará o computador do usuário com o Storm. As máquinas infectadas ficam à mercê do atacante e passam a fazer parte de uma “botnet”, uma rede de computadores invadidos que pode ser usada para vários fins, desde o ataque a outros sistemas até a distribuição de spam e pornografia. Para impedir uma infecção, basta tomar as medidas de segurança de sempre: use uma solução anti-vírus e anti-spam atualizada, não abra arquivos anexos e não clique em links inclusos em e-mails suspeitos.

O Natal está chegando. Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ