CEO da Alphabet defende padronização da inteligência artificial

Um dos entusiastas da inteligência artificial e de seu potencial para ajudar a sociedade sociedade, Eric Schmidt, o CEO da Alphabet, empresa mãe do Google, defende a união das companhias que trabalham na área para a padronização das ferramentas e o desenvolvimento mútuo da tecnologia.

Em um discurso realizado nesta semana, ele afirmou que a inteligência artificial pode corrigir alguns dos "problemas difíceis do mundo", incluindo o crescimento populacional, as alterações climáticas, o desenvolvimento humano e a educação. Ele ainda explicou que é importante que as empresas trabalhem em conjunto. "Cada avanço ocorreu porque pessoas inteligentes entraram em uma sala e, eventualmente, padronizaram as abordagens. A promessa é tão profunda que nós - Alphabet, Google, qualquer que seja o nosso nome no momento- estamos trabalhando duro para avançar nessas plataformas", declarou Schimidt.

Seguindo o posicionamento de Mark Zuckerberg, Schmidt disse ainda que acredita que a tecnologia poderá também ajudar as pessoas de maneira mais pessoal. Ele mesmo declarou que espera um dia ter "um Eric" e um "Não-Eric", sendo ele o Eric e o "Não-Eric" algo descrito como "essa coisa digital que me ajuda".

Via TheVerge

Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ