CEO da Amazon está construindo relógio de R$ 136 milhões dentro de uma montanha

A Amazon tem uma série de projetos de tecnologia interessantes, como a loja sem caixas registradoras, mas o projeto pessoal mais recente de seu CEO é o que mais se assemelha a uma ideia de ficção científica. Jeff Bezos está trabalhando na construção de um relógio gigante dentro de uma montanha no Texas, e a ideia é que o relógio bata uma vez por dia pelos próximos 10 mil anos.

O relógio, segundo Bezos, é um "símbolo do pensamento a longo prazo". Ele é inteiramente mecânico, tem cerca de 152 metros de altura e será energizado pelos ciclos térmicos da Terra, segundo o CEO da Amazon. Ele fará um "tique" a cada ano, e terá um ponteiro que se moverá apenas a cada cem anos. Além deles, haverá também um "cuco" que sai para fora uma vez a cada mil anos. O vídeo abaixo mostra mais do projeto:

Escala de civilização

Junto com o mecanismo do relógio, há um conjunto de sinos associados a um gerador de campainhas. Esse gerador deverá acionar os sinos de maneira a gerar um toque diferente para cada dia dos próximos 10.000 anos. Chegar até o relógio não será uma tarefa fácil para quem quiser visitá-lo. Ele fica a algumas horas de carro do aeroporto mais próximo, e a trilha que chega até ele tem uma elevação de cerca de 600 metros.

Embora Bezos tenha se envolvido com o projeto nos últimos seis anos, a ideia vem deDanny Hillis, que vem pensando em fazer isso desde 1989. "Da maneira como vejo, os humanos são tecnologicamente avançados o suficiente hoje em dia para criar não apenas maravilhas extraordinárias mas também problemas em escala de civilização. Provavelmente vamos precisar de mais pensamento de longo prazo".

No post, Bezos diz exatamente isso; não dá para saber se ele quis dizer "criar soluções para problemas em escala de civilização" ou "criar problemas em escala de civilização", mas talvez a ambiguidade seja proposital.

Salas de aniversário

Dentro da montanha que contém o relógio, a equipe está construindo também cinco "salas de aniversário". Essas salas serão voltadas para eventos comemorativos que acontecerão quando o relógio bater um ano, dez anos, 100 anos, 1.000 anos e 10.000 anos. A sala de um ano é um planetário especial que inclui os planetas do sistema solar e a lua da Terra, bem como todas as sondas interplanetárias lançadas ao longo do século XX. Uma vez por ano, o relógio ativará uma animação nessa sala.

Haverá animações nas outras salas de aniversário também mas, segundo Bezos, "não estamos planejando criar animações para as salas de 100, 1.000 e 10.000 anos, vamos deixar elas para as gerações futuras.". A sala de 10 anos, no entanto, terá uma animação criada pela nossa geração, mas Bezos e sua equipe ainda não sabem o que ela será e estão em busca de sugestões. As sugestões podem ser enviadas para o e-mail 10-year-chamber@10000yearclock.net.

Investimento milenar

Como é possível imaginar, construir um mecanismo gigante feito para durar dez milênios no meio de uma montanha isolada não é algo barato. Segundo o Digital Trends, essa construção exigiu um investimento de cerca de US$ 42 milhões (R$ 136 milhões). Não deve ser um problema para Bezos; afinal, ele recentemente superou Bill Gates e se tornou o homem mais rico da face da Terra.

Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ