China abrirá maior centro de clonagem de animais do mundo em 2016

A China pretende abrir em 2016 o maior centro de clonagem de animais para uso comercial em. O anúncio foi feito nesta segunda-feira, 23, e a localização do centro será a Área Econômica de Desenvolvimento Tecnológico de Tianjin (cuja sigla em inglês é Teda), um parque industrial subsidiado pelo governo da China na cidade de Tianjin, no norte do país.

O edifício já está sendo construído e a expectativa é de que o centro comece a funcionar ainda no primeiro semestre de 2016. Entre os animais que serão clonados estão cães farejadores e domésticos, cavalos de corrida e gado bovino.

A Sinica (uma subsidiária do Grupo Boyalife, do segmento de células-tronco e medicina regenerativa) e o Teda assinaram um acordo que representa um investimento de US$ 31 milhões. De acordo com o presidente do Conselho do Grupo Boyalife, Xu Xiaochun, o centro deverá produzir, no início, cerca de 10 mil embriões de gado bovino por ano, e espera-se que no futuro o número aumente para até 1 milhão.

O centro terá um estoque de genes, além de um museu que será construído como uma parceria entre a Sinica, o Instituto de Medicina Molecular da Universidade de Pequim, a Fundação de Pesquisa de Biotecnologia Soaam da Coreia do Sul e a Academia de Biomedicina Internacional de Tianjin.

 

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ