Chipset do Galaxy S9 deve ser 10% mais potente

A Samsung anunciou nesta quarta-feira, 29, que iniciou a produção da segunda geração do chipset Exynos, o 9810 – revelado no início do mês. A empresa afirma que o componente é 15% mais eficiente energeticamente, além de ter um desempenho 10% melhor que a versão anterior.

“A tecnologia de processamento do 10LPP permite um desempenho de até 10% maior e um consumo de energia menor de 15% em comparação com sua tecnologia de processamento de 10nm da primeira geração, o 10LPE. Como este processo é derivado da já comprovada tecnologia 10LPE, oferece vantagens competitivas, reduzindo o tempo de ativação do desenvolvimento para a produção em massa e fornecendo um rendimento de fabricação inicial significativamente maior”, afirma a sul-coreana.

A confirmou que o componente será usado nos dispositivos lançados no ano que vem. Logo, podemos supor que os futuros Galaxy S9 e Galaxy S9 Plus devem ser mais rápidos e ter um tempo de duração de bateria maior, quando comparados com os modelos do S8. 

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ