Cientistas criam a “Nanobíblia”

Pesquisadores conseguem colocar VelhoTestamento em superfície de 0,5 mm²

Redação Olhar Digital 21/12/2007 16h20
Logo Olhar Digital
A A A

Cientistas do Instituto Technion, de Haifa (Israel), conseguiram colocar todo o conteúdo do Velho Testamento em uma superfície de 0,5 mm², inferior à uma cabeça de alfinete, utilizando a nanotecnlogia.

Segundo o professor Uri Sivan, diretor do Instituto de Nanotecnologia do Technion, idealizador da idéia, a descoberta demonstra as enormes perspectivas que as novas técnicas de miniaturização oferecem. A obra foi escrita com um dispositivo denominado FIB – Focused Íon Beam, ou Feixe de Íons em foco. Tendo um software poderoso desenvolvido especialmente para o projeto, o texto foi gravado sobre uma superfície de silício, recoberta por uma finíssima camada de ouro, de apenas 20 nanômetros de espessura. Os pesquisadores conseguiram inscrever mais de dez milhões de bits de informações sobre a superfície de 0,5mm². A camada de ouro ao redor do texto ressalta as nanoletras contra a superfície de silício e permite lê-las melhor, empregando um microscópio eletrônico com scanner. Agora a equipe do Technion vai iniciar um processo de fotografar todas as nanopáginas e com isso aumentar dez mil vezes a imagem da Nanobíblia e criar um painel, de 7x7, permitindo qualquer um ler os textos.    

Cultura Educação Nanotecnologia Software
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você