Menor lâmpada do mundo

Cientistas criam a menor lâmpada do mundo

Leonardo Pereira, editado por Marcelo Gripa 19/06/2015 13h15
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Cientistas constantemente apontam o grafeno como próximo milagre da tecnologia, e agora descobriram mais uma finalidade para o material: ele pode ser usado para emitir luz.

A descoberta vem de um trabalho conjunto de especialistas da Universidade de Columbia, do Instituto Nacional de Padrões e Ciência da Coreia e da Universidade Nacional de Seul.

Como explica o Wall Street Journal, os cientistas aplicaram uma carga de 2 a 3 volts em uma camada de grafeno suspensa entre dois eletrodos. Isso aqueceu o material e esse calor ficou confinado em apenas um local, gerando luminosidade em uma escala minúscula.

O ponto impressionante é justamente o fato de que a luz pode ser vista a olho nu, mesmo que tenha sido emitida de um ponto com tamanho de um átomo. Isso foi possível porque a temperatura do grafeno chegou aos 2.500 ºC, o que equivale a metade do calor presente na superfície do Sol.

Essa descoberta pode ser útil para a construção de chips ou em telas finas, flexíveis e transparentes. Também pode se tornar a base do desenvolvimento de computadores do futuro, em que a luz, e não a eletricidade, será a condutora das informações.

Ciência grafeno
Compartilhe com seus seguidores
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você