Sol

Cientistas desenvolvem célula solar 20 vezes mais fina que cabelo humano

Lucas Tavares, editado por Igor Lopes 05/04/2012 15h59
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Células chegam a 1,9 micrômetros de espessura, e são altamente flexíveis

Cientistas da Universidade de Tóquio, no Japão, e da Universidade da Áustria desenvolveram células solares que, além de serem extremamente flexíveis, são tão finas que têm uma espessura dez vezes menor que a de uma teia de aranha.

A célula possui 1,9 micrômetros. Para sua fabricação, os cientistas posicionaram diversos eletrodos em cima de uma fina lâmina de plástico, ao invés de vidro, que é usado na fabricação de células convencionais.

Reprodução

Segundo o site Nature Communications, o novo método deixa a célula tão flexível e resistente que pode-se envolver diversos objetos sem que ela seja danificada, e tão fina que seu peso é quase nulo.

Reprodução

Os cientistas esperam liberar as células para fins comerciais dentro de 5 anos.
Sustentabilidade Energia Solar Energia Curiosidades Ciência inovação
Compartilhe com seus seguidores
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você