Cientistas desenvolvem robô inspirado em braço de polvo

Cientistas italianos da Escola Superior Sant’Anna desenvolveram um protótipo de robô que desliza, estica e se dobra como o braço de um polvo concebido para realizar cirurgias minimamente invasivas e lidar com órgãos moles. O dispositivo poderia diminuir o número de instrumentos necessários para uma operação e consequentemente o número de incisões.

A ideia dos pesquisadores é garantir o acesso a partes estreitas do abdômen e outras partes do corpo que sejam estreitas. Assim como o animal, a máquina consegue alterar a rigidez do braço e se torna uma ferramenta flexível. Essa é uma das principais vantagens da novidade sobre os instrumentos cirúrgicos tradicionais.

O braço polvo contém dois módulos idênticos conectados, divididos em três câmaras que podem funcionar separadamente. “O polvo não tem uma espinha dorsal rígida e adapta a forma de seu corpo ao ambiente", explica Tommaso Ranzani, principal autor do estudo. O robô também consegue segurar órgãos moles enquanto os opera.

 "Acreditamos que nosso robô é o primeiro passo para a criação de um único instrumento capaz de realizar todas essas tarefas ao mesmo tempo em que protege os órgãos", afirma Ranzani.

Em testes, o braço do robô foi dobrado até um ângulo de 255º e estendeu seu tamanho em 62% do original. A rigidez pode ser aumentada entre 60 e 200%. A pesquisa foi publicada na revista Bioinspiration & Biomimetics.


Veja o robô em ação:

Via AFP 

Celular, fone de ouvido, notebook. A BlackFriday está recheada de ofertas, mas nem todas são vantajosas. Com a extensão do Olhar Digital, você encontra o menor preço e também cupons de descontos. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ