computador quantico

Cientistas usam comunicação quântica na chamada de vídeo mais segura do mundo

Redação Olhar Digital 02/10/2017 11h45
Compartilhe com seus seguidores
A A A

A conversa por vídeo mais segura do mundo foi realizada entre cientistas chineses e austríacos. Usando comunicação quântica, pesquisadores da Academia de Ciências da China conversaram com cientistas da Academia de Ciências da Áustria no que pode transformar completamente as comunicações mundiais.


A China trabalha em comunicação quântica há algum tempo e em agosto fez a primeira distribuição de chaves quânticas entre a Terra e um satélite no espaço. Mas os avanços conseguidos em parceria com cientistas austríacos podem ter um impacto muito maior nas nossas vidas.

A comunicação quântica usa partículas entrelaçadas para enviar informações. Isso faz com que seja mais difícil que alguém intercepte os dados e tenha acesso ao conteúdo da conversa em relação às formas convencionais de comunicação digital, que podem ser hackeadas com o uso de ferramentas específicas.

"Se alguém tentar interceptar os fótons trocados entre o satélite e a estação terrena, ou medir a polarização deles, o estado quântico dos fótons vai mudar por causa dessa tentativa de medição, expondo imediatamente os hackers," explicou Johannes Handsteiner, da Academia de Ciências da Áustria.

Com o sucesso na conversa por vídeo com a Áustria, a China pretende estabelecer comunicação quântica com outros países, como Cingapura, Alemanha, Itália e Rússia.

comunicação China computação quântica
Compartilhe com seus seguidores
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você