CleverPet quer ser um console de jogos para o seu cachorro

Videogames estão aí desde os anos 1970 e, a cada ano que passa, eles deixam de ser um entretenimento de nicho e atingem um público cada vez mais diverso. Jovens, adultos, idosos, homens, mulheres... e por que não cachorros? É, estranho, né? Mas a ideia é uma das que mais chamou atenção na CES 2016, para o bem ou para o mal.

Apresentando-lhes o CleverPet, criado pela empresa de mesmo nome. A ideia da empresa é oferecer aos caninos uma diversão que permita que eles se distraiam mesmo quando seus donos não estão por perto, com joguinhos com desafios simples que oferecem uma pequena recompensa quando completados.

Reprodução 

Os desafios do CleverPet podem ser resumidos em uma espécie de Genius para cachorro. Padrões de luzes acendem, e o cachorro precisa reconhecê-los e replicá-los. Se ele acertar, ele recebe um biscoitinho ou outro alimento similar. Ao sair de casa, o dono pode encher o recipiente com comida, e deixar o dispositivo ligado para o animal. O dispositivo também é conectado à internet, e é possível monitorar o progresso do canino remotamente por meio de um aplicativo no celular.

 

A empresa chama seu produto de um "console" para cachorros, mas a definição não parece muito correta, porque a variedade de atividades não é muito grande. Os jogos da plataforma mudam muito pouco entre si, o que significa que eles são apenas uma variação do mesmo desafio, que é pressionar o botão certo no momento certo, e não um game diferente. 

A empresa promete, no entanto, que os desafios podem ser renovados todas as vezes que o aparelho se conecta ao Wi-Fi. Entre os diferentes testes do CleverPet estão:

  • "Pegue o Esquilo", no qual os botões acendem e apagam aleatoriamente. A mudança começa devagar e vai acelerando, e o cachorro precisa ser rápido para pressionar a área certa antes de ele apagar.
  • "Brincadeira com padrões", que é o tradicional Genius. As luzes acendem e apagam em uma ordem específica, e o cachorro precisa repeti-los. Os padrões vão ficando mais longos a cada acerto, aumentando o desafio.
  • "Aprendizado de palavras", deixa de lado as luzes. Uma voz fala "Left!" ("esquerda"), por exemplo, e o cão tem que tocar o botão da esquerda para receber sua recompensa. Aos poucos ele aprende a associar as palavras com os lados.

Apesar de estar longe de ser literalmente um console, é um jogo eletrônico para cachorros. A empresa promete que o cão não ficará aborrecido com o aparelho com o tempo, oferecendo desafios que ficam mais difíceis ou fáceis dependendo do progresso do pet. Além disso, os criadores projetaram o dispositivo para evitar a alimentação excessiva, monitorando possíveis exageros.

O CleverPet está em pré-venda por US$ 270.

Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ