Coisa do passado? Conheça o plano da Microsoft para 'matar' os aplicativos

A assistente Cortana da Microsoft é uma parte fundamental da visão de futuro da empresa. Nesta quarta-feira, 10, durante a Build, foram anunciadas novas capacidades que são um passo para que a empresa possa guiar seu público a um futuro livre de aplicativos.

Satya Nadella já havia afirmado no passado que a inteligência artificial substituiria os apps que hoje são a pedra fundamental da nossa interação com a tecnologia. A declaração foi dada há vários anos, e a estratégia para chegar a este ponto fica cada vez mais clara.

Com o anúncio desta quarta-feira, qualquer desenvolvedor pode criar “habilidades” para a Cortana. O que isso significa? A ideia é que a assistente seja capaz de interagir com vários serviços mesmo que eles não estejam instalados no celular do usuário ou em qualquer lugar. A Microsoft vende aos desenvolvedores a ideia de que seus serviços estarão disponíveis imediatamente a todos os usuários da Cortana, possibilitando aumento do número de usuários.

Ou seja: se você quiser pedir comida no restaurante da esquina, você não precisa ter o iFood instalado. Você poderia falar diretamente com a Cortana para que ela faça todo o trâmite de pedir e pagar pelo seu pedido apenas com um comando de voz.

Por trás dessa mágica estão as ferramentas que a Microsoft proporciona a desenvolvedores para a criação de bots que fazem a interação com a Cortana. A assistente tem acesso a dados pessoais do usuário que facilitam o trânsito das informações para que a tarefa seja realizada.

No evento desta quarta-feira, foram dados dois exemplos. Primeiro, a Microsoft demonstrou a integração com o serviço de previsão de tempo Dark Sky. Bastou falar “Ei Cortana, pergunte ao Dark Sky a previsão de tempo de hoje” para que a assistente respondesse a temperatura e se choveria ou não ao longo do dia. Também foi demonstrada a integração com a pizzaria Domino’s, em que o pedido foi feito totalmente por comandos de voz, sem instalar nada e sem tocar no seu celular, bastando apenas ter uma conta cadastrada no serviço.

Uma parte importante dessa história é que a Microsoft espera que a Cortana passe a ser parte da sua vida, e para isso é determinante que ela não esteja restrita ao seu celular ou computador. Como a assistente é conectada à nuvem, esses recursos funcionam com a assistente no Windows, Android ou iOS, mas a empresa espera levá-la além, colocando-a em alto-falantes conectados como o Invoke da Harman Kardon. HP e Intel também anunciaram a produção de dispositivos do tipo equipados com a Cortana. Carros produzidos por montadoras do mundo todo também terão integração.

O objetivo é que o aparelho esteja sempre à sua volta, para que você consiga conversar com a Cortana a qualquer momento, tornando a interação com a tecnologia o mais natural possível. É assim que funcionam o Google Home, equipado com o Google Assistente, e dispositivos como o Amazon Echo e Dot, que usam a assistente Alexa.

A Microsoft informa que o kit de desenvolvimento de habilidades para a Cortana já está disponível como preview público no seu site oficial. Por enquanto, apenas desenvolvedores dos Estados Unidos podem aproveitá-lo no entanto.

Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ