Com HBO e Time Warner, AT&T quer criar gigante para competir com a Netflix

No início da semana, a AT&T anunciou a aquisição da Time Warner por US$ 85,4 bilhões. Na segunda-feira, 24, a empresa afirmou que pretende criar uma plataforma de vídeo capaz de concorrer com a Netflix, líder mundial no segmento de streaming.

O CEO da AT&T, Randal Stephenson, explicou que com o controle da HBO e do estúdio de cinema Warner Bros, o maior de Hollywood, a companhia pretende criar um produto que consiga compensar a queda de sua divisão de TV via satélite, a DirectTV.

Jeff Bewkes, CEO da Time Warner, que vai permanecer no cargo caso a transição se concretize, já deu pistas de que a ideia da empresa é criar seu serviço de streaming. Para ele, o consumidor está "ficando cansado de pagar US$ 100 por mês por um monte de canais que não assiste".

Para analistas do mercado, a AT&T pode iniciar sua guerra contra a Netflix e os demais serviços de streaming restringindo seus programas nessas plataformas. "Acreditamos ser provável que a AT&T acelere a transferência de conteúdo hoje na Netflix para a sua plataforma própria, o que seria um ponto negativo para o Netflix," explica John Hodulik, analista dos banco UBS.

Apesar de parecer provável, essa decisão pode complicar o negócio e até contar como um ponto decisivo para a intervenção de autoridades regulatórias. Stephenson, no entanto, não acredita que a proposta de compra será barrada.

Via Folha de São Paulo

Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ