Hacker

Comissário da 'Anatel dos EUA' quer investigar operadoras chinesas em atuação no país

Redação Olhar Digital 09/05/2019 21h30
Compartilhe com seus seguidores
A A A

'A decisão de hoje cita relatos de que a China Telecom vem sequestrando o tráfego dos EUA e redirecionando-o para a China', afirma Brendan Carr

Brendan Carr, um comissário republicano da Comissão Federal das Comunicações (FCC), pediu aos órgãos de segurança dos Estados Unidos que investiguem duas provedoras chinesas de telecomunicações. A solicitação foi feita durante uma reunião aberta da FCC nesta quinta-feira (9), antes da votação de uma medida que impediria uma empresa chinesa em particular, a China Mobile, de operar dentro dos EUA.


Carr usou parte de seu tempo no palanque para atacar a China Unicom e a China Telecom, duas outras empresas chinesas de telecomunicações que operam nas redes dos EUA, alegando que as ameaças à segurança mudaram desde que elas obtiveram permissão de interconexão há quase 20 anos. Em comunicado, ele reforça: “Por exemplo, a decisão de hoje cita relatos de que a China Telecom vem sequestrando o tráfego dos EUA e redirecionando-o para a China.”

O comissário gostaria que as agências de segurança nacional determinassem se a FCC deveria revogar as autorizações dessas empresas para operar no país, expulsando-as do mercado norte-americano. Ele também pediu que a FCC abrisse um processo para o assunto: "É hora de os EUA tomarem medidas adicionais. Vamos garantir que nossas decisões de décadas passadas não ponham inadvertidamente em risco os interesses americanos."

O comissário democrata Geoffrey Starks também demonstrou preocupação com as autorizações dadas a essas outras operadoras móveis chinesas, mas não chegou a pedir uma investigação. "Comissários anteriores concederam [autoridade] a outras operadoras com estrutura semelhante à da China Mobile", afirma. “O poder executivo ressalta como o ambiente de segurança nacional mudou desde que eles foram concedidos."

A medida votada hoje para bloquear o acesso da China Mobile às redes dos EUA foi aprovada por 5 votos a 0. No mês passado, quando a medida foi anunciada, o presidente da FCC, Ajit Pai, declarou: "Está claro que a aplicação da China Mobile para fornecer serviços de telecomunicações em nosso país levanta riscos sérios de segurança nacional e aplicação da lei."

Fonte: The Verge

Telecomunicações China operadoras estados unidos eua x china Investigação
Compartilhe com seus seguidores
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você