Conheça as pegadinhas que o carro autônomo do Google já enfrentou

Para desenvolver um veículo que saiba se virar no trânsito de qualquer cidade, os engenheiros do Google precisam fazê-lo passar pelas mais diversas situações. Algumas delas parecem inusitadas demais até para motoristas humanos.

Certa vez, a equipe do Google colocou um banheiro químico no meio de uma rua pela qual o carro autônomo passava. O veículo interpretou aquilo como um objeto estacionado e decidiu que deveria desviar e seguir viagem. O carro só não contava que um homem sairia repentinamente de dentro do banheiro, para testar sua reação.

Em outra situação, o veículo teve de lidar com um homem que literalmente caiu em sua frente, após pular para fora da carga de um caminhão estacionado. Em ambos os casos, o sistema do Google conseguiu evitar que o carro atropelasse as pessoas.

A empresa tem mais de 20 veículos autônomos circulando pelas ruas de diversas cidades americanas. Cada nova experiência, assim como a solução encontrada, é registrada em um banco de dados compartilhado por todos os protótipos. Assim, os carros aprendem dia após dia a como se comportar em vias públicas.

Nesta terça-feira, 29, o Google anunciou que seus veículos já percorreram, ao todo, 1,9 milhão de quilômetros. Isto significa que cada protótipo já acumulou, aproximadamente, 90 anos de experiência de direção. Os testes ao ar livre começaram em 2013.

Via Business Insider

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ