Criador das baterias de lítio desenvolve substituta à base de sódio

Pesquisadores da Universidade do Texas, ao lado do criador das baterias de íon-lítio, John Goodenough, estão trabalhando no desenvolvimento de baterias que funcionem com íons de sódio que sejam seguras e econômicas.

Se eles conseguirem usar o sódio no lugar de lítio, produzir baterias será muito mais econômico, pois é bem mais fácil encontrar o sódio na natureza, enquanto o lítio é raro e muito mais tóxico. Na verdade, já existem baterias de íons de sódio, mas elas não são comercializadas porque têm problemas na segurança, performance e peso, que ainda precisam ser ajustados.

As baterias, atualmente, são formadas por um anodo, um catodo e um eletrólito. As reações químicas que acontecem nos eletrólitos fazem com que os elétrons vão do anodo pro catodo. Goodenough afirma ter encontrado um material que pode ser usado para ser o catodo - e esse novo material é atóxico e barato.

"No núcleo dessa descoberta há uma estrutura básica do material que esperamos que vá encorajar pesquisadores a descobrir materiais melhores para o desenvolvimento das baterias de íon-sódio", afirmou Preetam Singh, um dos pesquisadores. "Acreditamos que nosso material oferece uma estrutura básica boa para o desenvolvimento de novos materiais que podem eventualmente transformar baterias do tipo em uma realidade comercial".

Ainda não há previsão de quando os consumidores terão acesso à novidade.

Compras para o Natal? Não deixe de conferir a extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ