Criança de seis anos é mais esperta que inteligência artificial do Google

Há quem tema que o desenvolvimento de inteligências artificiais cause mudanças profundas na sociedade e até mesmo ameace o futuro da humanidade, mas aparentemente ainda estamos bem longe disso acontecer. Segundo um estudo recente, a mais avançada inteligência artificial da atualidade ainda não é mais esperta do que uma criança de seis anos.

Um estudo publicado por cientistas chineses mostrou que a inteligência artificial por trás do AlphaGo, o computador do Google que venceu o campeão mundial de Go, é mais avançada que concorrentes, mas ainda não se compara a um ser humano. Cerca de 50 sistemas de inteligência artificial foram testados, e o do Google conseguiu o valor mais alto em um teste de QI, com 47,28, mais do que o dobro da Siri da Apple, por exemplo.

Os cientistas avaliaram a habilidade de "adquirir, dominar, criar e retornar conhecimento" dos sistemas e também de três humanos com 18, 12 e 6 anos. Um teste foi realizado em 2014, e outro em 2016. Nesse período, a AI do Google foi a que melhorou mais rapidamente, saltando de um QI de 26,5 para 47,28. Enquanto isso, a criança de 6 anos conseguiu 55,5 pontos no mesmo teste.

As inteligências artificiais ainda estão em desenvolvimento e são vistas por muita gente como o futuro da sociedade. Há quem defenda que o país que dominar primeiro as AIs vai ser a maior potência do mundo, enquanto outros temem que robôs iniciem guerras e dominem a humanidade. É cedo para dizer se algo disso vai acontecer, mas é fato que, no momento, nenhuma máquina consegue superar a capacidade humana.

Compras para o Natal? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ