Custando '2 meses de trabalho', iPhone 8 começa a ser vendido hoje no Brasil

No dia em que boa parte do mundo passou a ter o iPhone X disponível para compra, o Brasil está recebendo um primo mais modesto do aparelho, o iPhone 8.

O smartphone, que é uma atualização direta ao iPhone 7, começa a ser vendido em terras tupiniquins nesta sexta-feira, 3, custando a partir de R$ 4.000.

Conforme revelado pelo Olhar Digital na semana passada, em média, o brasileiro precisa trabalhar por mais de dois meses para conseguir pagar por um aparelho desses — e isso se a pessoa não pagar nenhuma outra conta durante esse período.

Os consumidores poderão encontrar quatro modelos nas lojas: na versão com tela de 4,7 polegadas, há o de 64 GB, que sai pelo preço descrito acima, e o de 256 GB, que custa R$ 4.800.

Depois tem também o iPhone 8 Plus, com tela de 5,5 polegadas, vendido por R$ 4.600 (64 GB) e R$ 5.400 (256 GB).

Os consumidores que compraram na semana passada, quando foi aberto o processo de pré-venda, começam a receber suas encomendas nesta sexta-feira também.

Compras para o Natal? Não deixe de conferir a extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ