Dados do Apple Saúde estão sendo usados em julgamento de homicídio na Alemanha

Hoje em dia, as pessoas andam com o celular todo o tempo e alguns dados registrados podem informar mais do que passos e distância percorrida. Conforme relata o Digital Trends, dados do aplicativo Saúde, que vem pré-instalado no iPhone, estão sendo usados em um julgamento de homicídio na Alemanha.

Um refugiado afegão está sendo acusado de estuprar, assassinar e descartar o corpo de uma estudante de medicina de 19 anos em um rio em outubro de 2016. Como o réu se recusou a desbloquear seu dispositivo para que as autoridades pudessem analisar as informações do aparelho, os investigadores usaram os serviços de uma empresa privada em Munique para obter acesso ao telefone. 

O resultado foi que eles encontraram no aplicativo Saúde as atividades praticadas pelo usuário no dia do crime e as informações mostravam que uma boa parte da sua atividade consistia em “subir escadas”.

Os investigadores então analisaram o tempo que levaria para o acusado descer até o rio, descartar o corpo e subir novamente e um legista voltou à cena do crime para recriar como a polícia achava que o acusado agiu. Os dados de atividade do celular do investigador agora estão sendo usadas para comparar com os do réu.

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ