Steve Jobs

Dossiê secreto do FBI aponta que Steve Jobs era investigado por George Bush

Lucas Tavares, editado por Wharrysson Lacerda 09/02/2012 16h32
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Segundo documento, amigos e colegas consideravam Jobs prepotente, pouco franco e honesto, além de um drogado e mentiroso

Um dossiê secreto feito pelo FBI com 191 páginas vazou na internet. O documento tinha como obejtivo investigar ninguém menos que Steve Jobs. Segundo o jornal britânico The Telegraph, em 1991, durante o mandato de George H. W. Bush, o co-fundador da Apple estava em uma posição "sensível" diante da Casa Branca.

O documento foi baseado em entrevistas feitas por agentes secretos com amigos e colegas de faculdade do empresário. De acordo com o jornal, o dossiê mostra que as pessoas o consideravam um usuário de drogas, mentiroso e negligente ao cuidar de sua família. Outras pessoas disseram que ele distorcia a verdade a fim de atingir seus objetivos e que ele era prepotente, além de pouco franco e honesto.

O dossiê foi editado para não revelar nomes ou outros detalhes pessoais dos entrevistados. 

Para ver o dossiê completo, clique aqui.

Internet Apple Steve Jobs Curiosidades FBI
Compartilhe com seus seguidores
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você