Empresa diz que sua tecnologia pode identificar terroristas pelos olhos

Uma startup dos Estados Unidos está aproveitando a crise dos refugiados sírios para colocar no mercado uma nova tecnologia que pode ajudar as autoridades a encontrar terroristas entre os imigrantes que chegam aos seus novos países -todos os dias. Trata-se do EyeDetect, um detector de mentiras que monitora os movimentos do globo ocular.

Desenvolvido pela Converus, o equipamento é mais fácil de ser manejado do que um polígrafo e mais adaptável para situações que envolvem a identificação de um grande número de pessoas, como no caso da entrada de imigrantes em um país.

A empresa já enviou representantes para Washington com a intenção de mostrar o produto para o FBI, a NSA, o Serviço Secreto e também para membros da Casa Branca. A precisão de detectar mentiras do equipamento é de até 85%, mas pode chegar a 98% se o uso for combinado com outros métodos já existentes.

De acordo com o presidente da companhia, Todd Michelsen, “todos falam sobre a necessidade de checar o histórico de refugiados de países em guerra, mas ninguém dá ideias viáveis que possam ser aplicadas a grandes grupos”.

Segundo ele, o dispostivo funciona perfeitamente nesse tipo de situação e já está disponível para ser implantado. O executivo também afirmou que o EyeDetect também está sendo usado na América Latina e em dez estados americanos para avaliar empregados em cargos de confiança do governo e da polícia. 



Via: Motherboard

O Natal está chegando. Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ