google

Empresas de tecnologia criam medidas para ajudar refugiados

Redação Olhar Digital
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Google, Facebook, Microsoft, Twitter e outras grandes empresas da área de tecnologia estão trabalhando em recursos, em conjunto com o governo norte-americano, para ajudar refugiados no mundo todo. As empresas estariam respondendo a um pedido feito pelo presidente Barack Obama de cooperação de companhias privadas com a causa.


O Google se planejou para oferecer educação técnica para os refugiados através de ONGs. Cerca de 10 mil crianças que estão fora da escola poderiam ser beneficiadas com a ação. No começo do ano o Google também doou US$ 5,3 milhões em Chromebooks aos refugiados no continente europeu.

Já o Facebook pretende implantar um sistema de conexão Wi-Fi gratuita em diferentes locais da Grécia, além de continuar seus trabalhos com a ONU para oferecer acesso à internet para pessoas refugiadas em campos e promover a rede social para arrecadar fundos. A Microsoft quer construir um Hub de Inovação, onde os refugiados possam desenvolver e aprender competências técnicas e empresariais.

A HP também quer investir na educação, oferecendo espaços para o aprendizado no Líbano e na Jordânia para crianças e adultos. A Zynga vai aproveitar das plataformas de games para ensinar e aprofundar idiomas entre os refugiados. O LinkedIn e o Uber vão focar na oferta de empregos para as pessoas. Por outro lado, o Twitter, a IBM e o TripAdvisor oferecerão doações e investimentos em dinheiro às ONGs que ajudam quem estiver fora de seu país de origem.

Via Engadget

Google HP Twitter Facebook Tecnologia empresa
Compartilhe com seus seguidores
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você